quarta-feira, 2 de junho de 2010

Inspiração


Como vocês já perceberam, cito bastante aqui no blog o mestre indiano B. K. S. Iyengar, que, com muita criatividade e conhecimento da mecânica corporal, criou um jeito de ensinar Hatha Yoga que acabou virando um método. Quando começamos a praticar yoga, e ao longo da nossa evolução nas posturas, nos deparamos várias vezes com certas armadilhas da nossa mente, que às vezes diz: "Hey, você não consegue fazer isso!" Ou: "Não, é muito desconfortável, você não é capaz de ficar nessa posição"...
 Resolvi colocar este vídeo do Iyengar praticando (na época ele estava com 20 anos. Hoje tem 91) não para dizer: "Hey! Você aí tem que chegar onde ele chegou, ou tem que fazer igual ele". Mas para lembrar que é possível transpor sim as próprias limitações. B.K.S.Iyengar começou a praticar yoga aos 14 anos, tinha sérias dificuldades e saúde muito frágil, como ele mesmo relata no livro "Luz na Vida":
"(...) vim ao mundo já enfermo. Meus braços eram finos, minhas pernas, mirradas, e meu estômago se projetava para fora de maneira nada graciosa. Tão fraco, na verdade, que ninguém esperava que eu continuasse vivo. Minha cabeça, desproporcionalmente maior do que o resto do corpo, pendia sempre para baixo, e só com grande esforço conseguia erguê-la. (...) Eu era frequentemente tomado por uma melancolia profunda, e às vezes me perguntava se a vida valia mesmo tanto tormento."
É quase inacreditável que o cara do depoimento acima é o mesmo do vídeo. Não só é como serve de inspiração para os dias de prática iluminada e para aqueles outros em que parece que o corpo não obedece a gente... É sempre bom mirar alto.

2 comentários:

  1. E o detalhe é que hoje ele faz tudo isso muito melhor.

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Lu! Você completou o raciocínio!
    Beijos

    ResponderExcluir